Uma Pausa de Mil Compassos

Sofisticação e Acolhimento

O silêncio e a contemplação recebem uma homenagem dos arquitetos Fábio Vitorino e Laís Forte, do Studio Allure,  em sua quinta participação na CASACOR Santa Catarina | Florianópolis. Parceiros de vida e de profissão, eles buscaram em uma canção do repertório brasileiro a inspiração para materializar o espaço Uma Pausa de Mil Compassos. Em 80 metros quadrados distribuídos organicamente, os arquitetos, ambos com experiências distintas em anos anteriores da mostra, projetaram um jardim externo com varanda, uma suíte master com estar, o closet e a sala de banho. Importante frisar que o escritório executou tanto o projeto de interiores quanto o arquitetônico.A frase que dá nome ao espaço foi retirada de um trecho da música Para Ver as Meninas, de autoria de Paulinho da Viola, que também ficou famosa pela interpretação de Marisa Monte.

“Uma pausa de mil compassos é um silêncio que tem uma duração bastante longa, que cria o espaço que dá sentido ao som. É o que este ambiente propõe: a calmaria, o descanso, o relaxamento – os silêncios – para posteriormente vislumbrar e gozar de toda a beleza transmitida por estes momentos – o som”, descrevem os profissionais sobre a identidade de sua criação.Os visitantes da mostra, referência no mercado de arquitetura, design e paisagismo, serão recebidos no ambiente de Fábio e Laís em um jardim externo com lareira, plantas e peixes, além do mobiliário pensado para o descanso. Internamente e em seu fluxo natural, o espaço imprime imediatamente a ideia de naturalidade, aconchego e sofisticação.

“O contraste entre o preto, o branco e o cinza claro harmoniza naturalmente com os toques pontuais de dourado, além da atmosfera leve gerada pela iluminação e as plantas naturais”, destaca Fábio sobre a paleta de cores. A sofisticação e o conforto, marcas-registradas do Studio Allure, escritório comandado pela dupla, se faz presente na escolha de diferentes materialidades: dos porcelanatos marmorizados, que remetem às pedras naturais, aos acabamentos em diversos tecidos, como o couro natural e o linho. E a elegância surge na laca e nos já citados pontos discretos de dourado, além dos espelhos e vidros, garantindo a integração dos ambientes interno e externo.

Criado pela dupla de profissionais e executado pela Moad Home, o exclusivo mobiliário, formado pelas mesas de cabeceira, um banco e uma escrivaninha – pertencentes a suíte master -, assim como as mesas de apoio que cercam o sofá fazem o mix perfeito dos materiais nobres com os naturais. E para garantir o conforto e a usabilidade necessários, o projeto luminotécnico foi projetado para que, de forma automatizada como todo o ambiente, se adapte a cada momento da vida do morador. Enquanto a leveza dos traços aquarelados impressos nas obras da artista plástica Camila Saavedra completam o clima de relaxamento.

Imagens: Rafael Ribeiro

 

Compartilhar

Comments

comments

Escrito por
Mais conteúdo de Hellen Fírmìno