Suvinil Revela 2021

Em primeira mão, estudo de cores da marca para o NOVO ano.

Um mergulho intenso ditado pelo distanciamento social e, com ele, uma montanha-russa de sentimentos que passaram a fazer parte do cotidiano das pessoas, o novo estudo de tendências da Suvinil, assinado por Michell Lott, jornalista, diretor criativo e consultor de cores da marca, é marcado pela transformação que invadiu as sensações e emoções individuais e, também, o jeito de morar e vivenciar a Casa, revelando “Meia-Luz” como a cor do ano 2021, além das paletas batizadas com os temas: Resgate, Consciência e Conexão.

Neste contexto desafiador, que demanda por transformação, a cor vem como um antídoto, a primeira escolha para iniciar um ciclo de mudanças. Assim, lembrando momentos de pausa, respiro e contemplação, Suvinil apresenta “Meia-Luz”, uma cor que, inspirada no degrade do pôr-do-sol, imprime um elo entre sonhos e realidade, representando um lugar entre mundos: Dia e Noite, Céu e Terra, Real e Virtual, Antes e Depois.

Paleta Resgate: Nessa busca por tornar o lar um espaço de proteção física e mental e de encontrar um novo lugar de presença na vida interiorizada, Suvinil elencou também, em Resgate, cores mais cromáticas, como os amarelos dessaturados e inspirados nas fibras naturais e no rico artesanato que permeia o regionalismo brasileiro; os marrons amadeirados, retirados do uso sofisticado ou rústico proposto pelas madeiras; a reconexão complementar vinda de azuis, elementos sempre presentes na natureza, inspirados na cor do céu e no reflexo das águas; e até os cinzas esfumaçados, que simbolizam o carvão que purifica as coisas e a madeira queimada da fogueira, a defumação, a fumaça das ervas e outros símbolos que nos conectam aos rituais.Paleta Consciência: Demonstra a transformação das ações e, principalmente, do consumo, ao abordar também a Economia Desmaterializada que traz o racional para a vida. Quanto mais atividades em um mesmo espaço, aparelho ou com um objeto a pessoa puder realizar, mais sustentável ele será. Tudo isso é retratado ligando a natureza ao morar, por meio de tons medianos, dessaturados, calmantes e orgânicos. Aqui, Suvinil faz com que Vermelhos e terrosos sejam contraponto para os diferentes Azuis do céu; Cores clarinhas de concentração e felicidade complementem-se com os Verdes temperados e mais ligados aos alimentos e ao tempo. Uma escolha que demonstra a ligação das pessoas com a natureza, e que cuidar do planeta e de si mesmo podem e devem ser a mesma coisa.Paleta Conexão: Convida para um olhar otimista sobre a tecnologia, reforçando como todos habitam o ciberespaço e, com sua presença ativa no ambiente digital, passa a ajudar as pessoas ao redor do mundo. Com isso, o indivíduo torna-se capaz de imaginar um futuro otimista e como pode, de forma construtiva, conectar o real com o virtual.

O tema traz a ascensão dos 3Ds que invadiram o universo da arquitetura dando espaço ilimitado ao encantamento decorrente do visual, uma solução que ampliou os sonhos, principalmente nas reformas e construções. Com esse alinhavado de ideias, o Real e Imaginário se alinham, colaborando na criação de soluções únicas, que auxiliam a contemplação das possibilidades que o futuro reserva. Por meio de uma escolha que traz esperança e inspiração nas paletas desse terceiro pilar, Suvinil indica Rosas e Liláses crepusculares; verdes azulados Acqua; e as Pinceladas Energéticas como opções sempre abertas e otimistas no resgate de memórias bem vividas de felicidade.

Confira as paletas nos ambientes criativos por Michell Lott. Fotos: André Klotz

Compartilhar

Comments

comments

Escrito por
Mais conteúdo de Hellen Fírmìno

Móveis soltos da Santo Antônio de Lisboa no Home Chef

Os móveis soltos são peças e complementos importantes na ambientação de qualquer...
Saiba Mais