Projeto de personalidade em prédio assinado em SP

Cores e fluidez conduzem o projeto.

Um projeto para estar aqui, precisa ter personalidade, ou pessoas expressas fortemente. É o caso deste apartamento de 300m2 em Santa Cecília em São Paulo. Por se tratar de um prédio histórico dos anos 1960, assinado por Botti Rubin Arquitetos, contava com uma planta desatualizada para os desejos atuais do casal, que sonhava com espaços amplos e integrados. “Os proprietários procuraram pelo arquiteto Nelson Dupré, que havia trabalhado com Botti Rubin, para fazer o estudo preliminar, visando manter o DNA original do espaço. Depois, nós, do Studio Davini Castro, desenvolvemos o projeto executivo, gerenciamos a obra e criamos o projeto de interiores”, explicam a arquiteta Luizette Davini e o designer de interiores Rogério Castro, do Studio Davini Castro. Muitas cores, obras de arte e fluidez garantida pela amplitude e integração dos ambientes, os clientes – jovens, colecionadores e antenados com as principais tendências do décor – desejavam que o apartamento contasse com três suítes, para atender a eles, aos futuros filhos que irão adotar e a eventuais convidados.A integração foi ponto-chave desse projeto, que é amplo e fluido. “Pensamos em áreas sociais amplas e práticas, sem barreiras físicas, que fossem perfeitas para confraternizações”, afirmam. O living ainda ganhou uma profusão de cores. “Como os moradores são apaixonados por cores, nos desafiamos a fazer um mix ousado, mas harmônico, que trouxe muita personalidade”, dizem. A sala de jantar foi projetada em um ambiente de passagem, que integra a área social com a cozinha. “Para receber os amigos com aconchego, revestimos a parede e teto com madeira, criando uma espécie de caixa”, conta Luizette Davini.  Ao fundo, uma porta de correr permite integração do espaço com a cozinha, que é espaçosa e iluminada. Na ala íntima, o apartamento contou com três suítes, como era desejo dos moradores. As cores se estendem também para esses ambientes, em composições vivas e muito harmônicas.A segunda suíte foi pensada para os futuros filhos do casal, que estão em programa de adoção. O quarto de hóspedes, por sua vez, tornou-se um espaço multiuso – ele abriga também a biblioteca e o segundo home office dos moradores, que prezam por privacidade.A suíte máster conta com closet e home office, abrigado em uma bancada em L que desenhamos. O banheiro foi projetado como um spa, com cuba dupla e dois chuveiros”, contam os profissionais. “Toda a modernização do apartamento se baseou nos conceitos de bem viver, prezando por ambientes belos e funcionais. Valorizamos o imóvel e conseguimos atender todas as necessidades dos proprietários”, afirmam Luizette Davini e Rogério Castro.

Fotos: JP Image

Compartilhar

Comments

comments

Escrito por
Mais conteúdo de Hellen Fírmìno

Idosa Inspira Cozinha Funcional

Funcionalidade é regra na cozinha
Saiba Mais