Estética Liberta – Casacor SP

Estética marcante rompe barreiras entre arte, arquitetura e design

Inspirado por conceitos contemporâneos e futuristas, com 60 m² quadrados, o Estúdio Liberdade criado por Pedro Luiz De Marqui apresenta uma estética própria, cheia de liberdade criativa no uso do mobiliário e dos materiais como mármore, cimento, madeira, metais, vidro e revestimentos exclusivos. Dividido entre living e suíte master, o ambiente cria uma atmosfera vibrante e equilibrada ao combinar materiais brutos com delicados para representar a sintonia entre o passado e o presente, respeitando o momento contemporâneo. O espaço traz uma personalidade marcante ao utilizar cores fortes e vibrantes, mobiliário com formas que fogem do comum, mescla de diferentes tecidos, uso de mármore exótico brasileiro, transparência colorida dos vidros utilizados em uma instalação artística que compõe o ambiente, o exclusivo revestimento Vendononvendo, que resignifica o espelho, criado pela renomada designer italiana Paola Navone para a Portobello.O mobiliário apresenta um toque artístico e delicado que contrapõem com a brutalidade das paredes em cimento rustico. Nomes e peças importantes do design fazem parte do espaço como a cadeira Flama, dos irmãos Campana, uma releitura da coleção desconfortáveis, que marcou o início da carreira dos designers e representa o rompimento da barreira entre a arte e o design; a poltrona original de Lina Bo Bardi, da década de 70, em couro do crocodilo; a dupla de cadeiras modernistas de John Graz, uma com restauro e outra sem; o pendente em forma de luva de Ingo Maurer para a FAS iluminação, entre outras diversas pecas significativas. A instalação artítica – assinada por Pedro Luiz e pelo designer Lucas Recchia – feita com placas de vidro derretido e penduradas por cabos de aço, separa o ambiente social do íntimo. A peça exclusiva atualiza a utilização do vidro no décor, conferindo um toque particular ao Estúdio Liberdade. Fundidos com energia solar, o material que compõe a instalação será reaproveitado ao fim da mostra. A fachada do espaço foi desenvolvida com o painel Absoluto, lançamento da Duratex, que traz a estética da madeira ebanizada, que foi combinado com brises e uma grade metálica vazada, que ajudam na ventilação do interior e no melhor aproveitamento da luz natural, trazendo uma sensação de maior conforto ao ambiente. A fachada contrasta com as paredes internas, revestidas com placas cimentícias, onde o destaque fica por conta da imperfeição do material. O generoso pé direito auxilia na volumetria, contrapondo os tons claros do cimento e da madeira clara utilizados no interior do espaço ao escuro painel frontal. No banheiro, o mármore exótico brasileiro em tom de vinho chama a atenção pela sua excentricidade, assim como o revestimento Vendononvendo, que brinca com o espelho e com aquilo que se consegue ou não enxergar ao se olhar para o material, utilizado para separar o quarto do banheiro. Com curadoria única e personalística, Pedro Luiz De Marqui debuta na CASACOR São Paulo com elementos que rompem a barreira entre arte, design e arquitetura, ao dialogarem com o momento atual. O destaque fica para uma luminária da FAS Iluminação a Luzy’s (uma luva azul), criação do renomado lighting designer alemão Ingo Maurer. A peça surgiu em uma instalação onde a equipe de Maurer trabalhava e, ao final do dia, penduravam suas luvas de trabalho na parede. Desta imagem, a luva azul na parede, veio a inspiração para ser uma luminária. Com um conceito surpreendente e pouco convencional, ela harmoniza perfeitamente com o espaço.  

Fotos: Renato Navarro

Compartilhar

Comments

comments

Escrito por
Mais conteúdo de Hellen Fírmìno

Morar Mais Porto Alegre apresenta o projeto 2020

Mostra estreia segunda edição em maio
Saiba Mais