Escolhas Essenciais

A concepção da casa requer olhar atento

Te convido a pensar sobre escolhas.

Estamos vivendo um momento de grandes transformações. Muitas delas, impostas pelo movimento do todo. Sendo assim, poder escolher, é o luxo daqui pra frente. Eu acredito!

E quando falo sobre escolhas na arquitetura, ou composição de uma casa, falo de importâncias, necessidades e desejos. Vou mais longe, ou fundo. Escolhas que vem de dentro, consciente e até inconsciente algumas vezes.

A casa que antes nos recebia ao final do dia, contemplava as necessidades noturnas e suficientes para o final de semana. Agora, quando a casa é família, trabalho e lazer, flerta com uma certa profundidade para satisfazer.

Como profissional, posso dizer com certeza, que  a forma de conceber a casa se transformará daqui pra frente. O poder de escolha vai prevalecer às tendências e estéticas que o mercado oferece. Sem antes entender o ideal para as pessoas, haverá dificuldade para o consumo. O impulso dá lugar para o exercício prévio antes da escolha.

Reverbero o conteúdo enraizado no conceito de originalidade e humanização, justamente por entender que esta é a tendência do mercado no futuro que já acontece. Este original, leva a busca por justificativas que convergem com o olhar humano sobre as relações de consumo. É sobre este viés que a arquitetura poderá satisfazer as necessidades humanas na casa, e consequentemente na vida além deste tempo. A etapa de projeto jamais poderá ser substituída ou dizimada no processo de materialização da casa. Tal etapa permite o exercício, que responde a compreensão das necessidades, desejos é o que realmente importa para as vidas que habitarão o lugar.

O processo, se empático, envolvente e positivo, garantirá a criação com a excelência que a contemporaneidade exige.

Como vimos em artigos anteriores, estamos atravessando um caminho que pede transformações, impulsionada pela vocação de adaptação a um novo modelo que vai de encontro a biossegurança, sustentabilidade, e organização do consumo devido a novas consciências. Cheguei na palavra que fecha o ciclo desta conversa. Escolhas essenciais, exigem a consciência, a presença e reconhecimento do instante.

Só fazemos boas escolhas se visitarmos o hoje, e nos visualizamos no trajeto daqui até o futuro.

Capa: Projeto Autoral  Foto: Lawson Pereira Filho

Sobre o Casa de Raiz – Um movimento que promove a importância do processo arquitetônico em transformar os espaços, e o impacto da criação na vida das pessoas. Te convida a refletir, ir um pouco mais fundo, para que haja o entendimento da arquitetura, e assim redefinir a relação com a casa. A arquiteta Hellen Fírmìno, cabeça e coração deste movimento, defende na sua prática, a casa como reflexo de que a habita.

Compartilhar

Comments

comments

Escrito por
Mais conteúdo de Hellen Fírmìno

Paredes Mágicas por Leo Romano na Casacor SP

As Paredes Mágicas, fogem do convencional, e misturam fantasia e realidade na...
Saiba Mais