Sobre a Casacor SC em Florianópolis

Olá seguidores, neste sábado tivemos a oportunidade de visitar mais uma edição da Casacor, desta vez em Florianópolis. Foi como voltar nos antigos tempos, onde a Casacor acontecia numa casa, mantendo suas características. Um casarão no caminho do meio em Santo Antônio de Lisboa, traz o sotaque Lusitano para o evento. Um resgate da memória do lugar, valorizando a vida que acontece na ilha de Florianópolis. O jeito de morar catarinense, agrega-se ao tema casa viva, da mostra esse ano. A casa em meio a mata, integra-se à natureza com construções efêmeras que,se inserem e adequam-se ao local, sem tocá-lo, preservando-o, conectando-se ao verde. Fantástico!

O tema seguido a risca, onde o verde/vida, presentes no espaços em conexão perfeita. Não imposto, mas integrado.

A medida em que vistávamos e sentíamos os ambientes, cada conceito surpreendia. Sim, os profissionais estavam preparados para defender seus projetos a todos que passavam por ali. Conceitos interessantes que nos levam pensar sobre o morar, como uma mostra deve ser…promover a reflexão.

Mostraremos alguns conceitos que nos marcaram por sua essência.

O Jardim de Estar, assinado por Ana Trevisan, além de conectar as edificações externa á casa, traz a experimentação como premissa, ou seja, sentir o lugar, ler algumas mensagens expostas e refletir sobre elas.

 

A Varanda “Verdejantes Tempos, mudanças de ventos…”, assinada por Mariana Pesca, Elise Lacerda e Ivana Bernart, um ambiente que faz uma conexão com o espaço interno e externo, tudo se mistura, e vivem a natureza no dia a dia.

Foto: Fernando Willadino

O Little Jungle, assinado por Pedro Tessarollo e Jairo Lopes, é uma circulação transformada em espaço multiuso que se apropria da energia positiva das plantas para conectar as pessoas ao ambiente.Foto: Lio Simas

A Suíte Essencial assinada por Juliana Pippi,  traz impresso no seu projeto a simplicidade e o essencial para pensarmos sobre os ambientes. Tudo muito leve como a vida deve ser. Porém com a riqueza de peças elaboradas, com design diferenciado, aplicado de forma funcional sem excessos para a vida correr livre por ali.

Foto: Mariana Boro

A Sala Viva, assinada por Anna Maya, além da presença do verde no seu design, seu eixo principal faz um link perfeito com o verde da área externa. O uso de materiais naturais também reforça a vida no seu conceito.
Foto: Lio Simas

A Sala Kidron, assinada por Marcelo Salum, evoca o conceito nômade na sua amplitude, desde o ato de movimenta-se, até as transformações dessas mudanças. Uma sala para um médico terapeuta, onde conversas sobre a vida e experiências acontecem para o aprofundamento das questões da alma. Os momentos e movimentos em pauta.


Foto: Mariana Boro

A Cozinha com Afeto é a proposta de Rosane Girardi e Alcides Theiss, onde as memórias afetivas estão representadas no projeto, e propõe preparar a refeição do dia a dia com menos pressa, provocando o pensar sobre a relação com o alimento.

Foto: Mariana Boro

A Lavanderia, nesta casa é um lugar de memórias afetivas, que lembra casa de vó. Um ambiente que traz o consumo consciente da água, um espaço pet e um lugar para trabalhos manuais do dia a dia, criando a dinâmica do ambiente assinado por Gabriela Bosco Dutra e Vanessa Buonomo.

Foto: Lio Simas

Uma casa, uma construção efêmera, a Casa Ônix by Karsten, assinada por Gabriel Bordin, permeia-se na paisagem. Uma espécie de cabana que interage com o verde do entorno. Uma prova viva de desconexão.

Foto: Mariana Boro

Estes são alguns conceitos que falam a nossa língua. Conceitos que expressam a contemporaneidade do tema morar. Ambientes que trazem na sua essência o que mencionamos por aqui, com o intuito de contagiar mais pessoas a terem em suas casas o que lhes fazem bem. Vislumbramos o entendimento de que a formatação de um conceito, que responda as necessidades de cada indivíduo, é base, na prática diária da boa arquitetura de interiores.

A Casacor SC em Florianópolis está de parabéns por expressar muito bem a casa viva. Gostei muito, do início ao fim.

Compartilhar

Comments

comments

Escrito por
Mais conteúdo de Hellen Fírmìno

As raízes de Leo Romano, ganham um instituto.

Vamos mostrar um espaço de arquitetura e arte recém inaugurado em Goiânia,...
Saiba Mais