Casa Conectada com o futuro

Uma alternativa possível para um futuro sustentável.

Em um cenário em que a construção civil é uma das principais responsáveis pelas emissões de CO2 na atmosfera, é necessário investir em novas formas de projetar e construir. É assim o projeto apresentado por Estudio Guto Requena e Pax Arquitetura, para a CASACOR SÃO PAULO.

A Casa LG ThinQ é um projeto open-source de fabricação digital que busca disseminar um método construtivo sustentável a partir de uma plataforma global de colaboração, a wikihouse. A partir da disponibilização do sistema de construção, é possível desenvolver uma diversidade de formas, adaptáveis às diferentes demandas de projeto. Uma casa conectada com as novas tecnologias, construída a partir de chapas de compensado naval de pinus, usinadas em máquina CNC e montadas somente por encaixes. São três eixos de pórticos articulados por um módulo conector e revestidos com placas pré-fabricadas em madeira que montam paredes e teto.Uma obra limpa, sem resíduos, organizada e eficiente. A estrutura externa (pórticos e fechamentos em madeira) que ocupa uma área de 100 m² foi montada em apenas 10 dias. Enquanto as construções tradicionais em concreto emitem 1 tonelada de CO2 na atmosfera para cada tonelada de concreto, a construção em madeira sequestra o dióxido carbono na mesma proporção.A estrutura de externa é revestida por telhas de fibras vegetais impermeabilizadas, uma tipologia de cobertura leve, fabricada a partir de papel reciclado. No interior da Casa, as chapas de madeira fazem o acabamento trazendo conforto e elegância e são cenário para a mescla de mobiliários de design brasileiro que compõem o espaço com obras de arte selecionadas por Guto Requena, a partir do rico acervo da Galeria Nara Roesler.O interior é composto por sala de estar, jantar, cozinha, quarto, duas varandas e showroom LG. Todos os materiais e acabamentos foram especialmente pensados para gerar o mínimo de resíduos não recicláveis. A Cozinha em Inox Inoxidável foi projetada especialmente para a Casa LG ThinQ, o que permite uma superfície lisa que atende as exigências legais de higiene, a partir do uso do inox que se diferencia pela alta performance, durabilidade e por ser totalmente reciclável.A curadoria de móveis e objetos feita por Guto Requena busca apresentar nomes ascendentes do design brasileiro, somados à clássicos, como Jorge Zalszupin by Etel Design, Pax.Arq, Estúdio Rain, Daniel Jorge, Karol Suguikawa, Humberto da Mata, Lucas Neves, Marcelo Ligieri, Inês Schertel, Alva Design e Maria Cândida Machado. Dentre os mobiliários, parte dos produtos são de autoria do Estúdio Guto Requena como a luminária Alma, a cadeira Nóize, a poltrona Delírios, vasos Era Uma Vez, Love Project. Além do lançamento das peças inéditas Buffet Atração, Cama Sonhadora e o Heartwall, ambos desenhados digitalmente através de programações paramétricas e fabricados em CNC, em linguagem similar à estrutura da casa.A escolha da madeira, do mobiliário autoral e dos acabamentos claros, proporciona um ambiente aconchegante, convidativo e introspectivo. O ambiente showroom ganha destaque pela sua imersão na cor principal da LG, evidenciando a experiência de marca. Toda casa é interligada por um sistema inteligente de automação possibilitado pela tecnologia LG ThinQ, com produtos que alinham design, inteligência artificial, sustentabilidade e cuidado com a saúde propondo um novo jeito de viver e interagir com o habitar.

Fotos: Fran Parente

Compartilhar

Comments

comments

Escrito por
Mais conteúdo de Hellen Fírmìno

Revestimentos LÂMINA extrafino, conheça.

Oi seguidores, começamos com novidades… Vocês sabem que eu gosto de antecipar...
Saiba Mais