Casa Freijó

Proposta para desacelerar com o conforto dos materiais naturais

A memória afetiva e olfativa de Michael Zanghelini, nascido na região serrana de Santa Catarina, onde o aroma amadeirado faz parte da história de cada morador, reforçam sua criação – a Casa Freijó – para o projeto Janelas CASACOR / Santa Catarina.Em formato físico e digital, a exposição pode ser visitada presencialmente até 8 de dezembro no Continente Shopping, na Grande Florianópolis, ou através do Tour 3D no site janelascasacor.com, onde também pode ser baixado gratuitamente o Guia Digital. A Casa Freijó se apresenta como um espaço pensado para o convívio, o relaxamento e o conforto:

“É para estar e receber os amigos num local agradável, de maneira despojada, sem abrir mão dos materiais nobres. A natureza dos materiais dá o tom do espaço”, comenta Michael, revelando ainda que a casa usa de sua própria estrutura para criar o ornamento do ambiente e poderia, tranquilamente, estar na praia ou no campo. Foi projetada para os dias de desaceleração.

Neste cubo amadeirado – integrando hall, cozinha e living – o freijó domina o ambiente, mas divide espaço com a nobreza do mármore da bancada e de uma das paredes e do mobiliário metálico com vidro iluminado. No piso, o porcelanato oferece a poética sensação de areia molhada do mar, assim como naquele instalado na porta da casa, que lembra as pedras portuguesas usadas nos calçadões.

“Tenho uma vivência muito grande com a arquitetura de madeira, das pedras, dos materiais naturais”, sinaliza o arquiteto, atualmente com projetos em Lages, Florianópolis, Balneário Camboriú e Itapema.O branco e o preto, além das tonalidades dominantes do freijó natural, fazem parceria com as peças do mobiliário, escolhidas para além da estética, como uma poltrona e uma cadeira, ambas assinadas pelo designer gaúcho Guilherme Wentz. Entre outras peças, também estão objetos desenhados por Gio Wives. Afinal, o conforto tem prioridade nesta casa.  Com uma iluminação neutra e tecnologicamente conectada e sem exageros, a Casa Freijó reúne uma seletiva coleção de peças de arte. Em seus ambientes estão criações assinadas por renomadas artistas catarinenses como Vera Sabino e  Eli Heil,além de obras da fotógrafa Patricia Vieira, da ceramista Sara Ramos e das artistas plásticas Ângela Waltrick, Jana Garcia, Elis Teixeira e Camila Saavedra, esta última responsável pelo painel da fachada da casa.Fotos: Fernando Willadino

Compartilhar

Comments

comments

Escrito por
Mais conteúdo de Hellen Fírmìno

Lavabos (Post 2)

É no lavabo que podemos ousar, está é a dica….Mas se for...
Saiba Mais