Casa Å LEVE na Casacor São Paulo

Mergulho no estilo escandinavo

Para apresentar seu estúdio, o arquiteto Gustavo Martins, assina o espaço de 118m2, intitulado como Casa Å LEVE, (Viver, em norueguês), o profissional realizou uma densa imersão no décor escandinavo, suscitando os atributos que compõem as residências da população que vive na região Setentrional da Europa, englobando países como Noruega, Dinamarca, Finlândia e Suécia.Com as características de uma região predominante fria e com pouca presença do sol, a premissa do estilo é viabilizar ao morador a ideia de um ninho acolhedor e que, de maneira geral, preencha todas as suas demandas, incluindo o desejo de sentir-se em um infinito particular de conforto e bem-estar. Para tanto, o arquiteto designa, em cada ambiente, uma combinação de elementos naturais, criações manuais, texturas suaves e tons claros que se contrapõem a a elementos rústicos e sóbrios.Sem sombra de dúvidas, esses traços se opõem ao inverno rigoroso dessas localidades. E embora vivamos em um clima brasileiro com particularidades distintas, a leitura da essência escandinava se configura em uma proposta bastante interessante para responder ao novo sentido de reconexão com a casa que buscamos por aqui”, revela Gustavo Martins.Na mostra, o arquiteto consegue traduzir os fundamentos do décor nórdico por meio de seus principais componentes, como a leveza e a praticidade que promovem um visual minimalista, mas que, em consonância, exprimem comodidade e uma atmosfera intimista. Ao enfatizar a neutralidade das cores, essenciais nesse estilo, Gustavo trabalhou com tons de cinza e bege, assim como a madeira clara, um dos materiais que protagonizam o projeto, que acompanha essa linha de raciocínio cumprindo o seu papel de acolhimento.“A luz natural também é um recurso muito valorizado nas residências escandinavas. Por isso, trabalhamos grandes aberturas na área social para aproveitar, ao máximo, a luminosidade”, ressalta. Além disso, o projeto luminotécnico se distingue por meio da presença de LEDs e o design arrojado das luminárias que foram dispostas. Em um olhar que mescla o clássico com o contemporâneo, uma seleção de objetos se combina por todo estúdio.Na inspiração pela decoração escandinava, a marcenaria protagoniza a cena como elemento natural que acalenta a casa e o coração daqueles que a habitam. “A madeira exerce papel essencial para complementar essa imersão ao mundo nórdico. Os painéis claros, típicos da região, reforçam essa ambiência e a percepção de continuidade das peças que estão presentes na marcenaria planejada e nos revestimentos que aplicamos”, explica Gustavo. No que tange ao mobiliário, as alturas mais baixas salientam um predicado muito distinto nas casas da região escandinava, assim como os traços rústicos que enaltecem o design forte das peças. Na busca por valorizar o contemporâneo, uma curadoria de artistas e designers nacionais e internacionais são representados em cada cantinho da casa por meio dos móveis e os objetos de decoração.Fotos: Gruta Fotografia – Alessandro Gruetzmacher

Vale atenção e reflexão:

  • Minimalismo e essencialidade;
  • Sobriedade nas cores;
  • Peças de design + peças afetivas + elementos naturais;
Compartilhar

Comments

comments

Escrito por
Mais conteúdo de Hellen Fírmìno

Manifesto Casa de Raiz

Uma Casa de Raiz, é uma casa de gente feliz. Onde sua...
Saiba Mais