Azulejaria: Estética Original

Apelo estético de personalidade

Como não se apaixonar pelos azulejos? Capazes de compor uma decoração afetiva e cheia de personalidade, as peças trazem toda uma carga histórica e compõem um mix rico de cores e estampas. Seu nome tem origem árabe – vem da palavra azuleicha, ou ‘pedra polida’, em bom português – e a técnica já era usada pelos egípcios, que decoravam seus edifícios e mesquitas com peças cerâmicas.

“Os azulejos foram difundidos pelos islâmicos e chegaram à Europa, ganhando novos tons e texturas. Hoje, são facilmente lembrados pela azulejaria portuguesa, que se tornou muito popular aqui no Brasil, já na época de colônia e império”, diz Christie Schulka, Marketing Manager da Roca Brasil Cerámica.

Visando resgatar essa história, abaixo o portfólio da marca, traz diversas linhas que homenageiam a azulejaria mundial, com suas características tão únicas.

Relembrando a famosa azulejaria portuguesa, a linha Porto (20 x 20 cm) traz peças com grafismos levemente desgastados e no característico tom de azul. Como é comum dos azulejos, se apresenta em pequeno formato, perfeito para composições na parede.Os revestimentos marroquinos, com grafismos em suave relevo sobre a peça que, retificada, possibilita a criação de painéis contínuos e sem emendas visíveis. Também de inspiração marroquina é a linha Zellige. A milenar técnica de mosaico tinha a estrela como um dos desenhos mais característicos, assim como as tonalidades de azul e vermelho. Os revestimentos cerâmicos da linha são capazes de levar calor à decoração de banheiros, cozinhas, ambientes comerciais e onde mais a imaginação mandar. Influenciada pela cerâmica renascentista, a linha Maiólica revisita o aspecto artesanal da técnica italiana em que as cerâmicas eram decoradas e queimadas manualmente. Com cores marcantes e estampas clássicas da época, ela apresenta traços de desgaste natural e nuances destonalizadas que reforçam o caráter lúdico da coleção.A linha ganhou ainda uma peça nostálgica, com estampa de limão siciliano, trazendo bom humor e descontração às paredes.Na imagem de capa, também retrô, mas com uma modernização nos tons metálicos, a linha Venus, conta com desenhos orgânicos em tons metálicos sobre um fundo acetinado. A paginação proporciona continuidade dos grafismos e resulta em um belo efeito óptico.

A azulejaria passou por uma evolução durante os anos, com apelo estético com as vantagens do material, muito durável e fácil de manter, oferecendo inúmeras possibilidades para os projetos, finaliza Christie.

Imagens Divulgação

Compartilhar

Comments

comments

Escrito por
Mais conteúdo de Hellen Fírmìno