O aconchego e a nostalgia como raiz do dormitório

Olá seguidores,

Venho reforçando aqui a máxima da essência nos projetos de arquitetura de interiores. Isso porque acreditamos que ao descobrirmos a nossa essência e o que precisamos para viver, fica muito mais fácil acertar. Assim como na semana passada, trago outro projeto de mostra, com móveis soltos, Essa é uma tendência para resolver rapidamente os ambientes em qualquer lugar que se está, diante da mobilidade de vida que avistamos à frente. Mesmo com rapidez, o projeto deve ser bem pensado, e avaliado para que as aquisições sejam eternas.

Vamos lá,… hoje trouxemos um projeto da arquiteta Denise Barretto, também para uma mostra de móveis soltos, e mesmo assim veremos muita personalidade impressa, isso é casa de raiz para nós.

O quarto NATURAL, propõe o resgate de itens nostálgicos na ambientação, a história do morador. Um dormitório leve, repleto de aconchego, que reúne o clássico e o moderno com total harmonia. A presença da nogueira, madeira escura, usada nos anos 60, que volta com toda força. Com os nós em evidência e um tom escuro, ela encontra o equilíbrio nos elementos claros do decor, resultando em luminosidade no ambiente. Segundo Denise, “sua ambientação é feita tanto para quem deseja reviver as lembranças de outras épocas, quanto para aqueles que gostam do estilo vintage com toques de sofisticação”… essa é a raiz.

Veja as fotos do dormitório que em cada detalhe ressalta a alma natural no ambiente. Fotos: Rômulo Fialdini

Lindo e aconchegante, como o dormitório deve ser. E além disso expõe a essência contando uma história. Gosto muito e acredito nessa forma de projetar arquitetura de interiores.

#casaderaiz #casadeverdade #arquiteturadeinteriores #gentefeliz