Living e Memória Afetiva

Este living, foi o vencedor da 2a. edição do concurso “Expressão Portinari” – Mostre a emoção presente em cada traço. Onde o conceito urbano é o segredo da atmosfera leve e aconchegante.

A designer de interiores Erica Gonçalves buscou em seu projeto priorizar o convívio familiar, usando como partida as memórias e referências dos moradores dessa belíssima casa. O resultado é uma profusão de elementos e cores para agregar ao conceito do projeto. A escolha para o piso revestido com a coleção Detroit foi fundamental para complementar a estética e dar amplitude.

O conceito aberto é uma tendência que veio com força total. Ao demolir a parede que separava a cozinha do living e do jantar, o projeto ganhou uma repaginação que ficou pra lá de perfeita e moderna. Somada a uma decoração leve e fluída, repleta de simplicidade nas formas e materiais, o resultado é um projeto totalmente jovem e funcional. A iluminação indireta, com detalhes pontuais e perfis lineares no gesso ajudam a ressaltar a beleza do ambiente. “O apartamento tem um pouco de tudo que amamos: cor, cimento, madeira e integração. Ainda sobre a serralheira, o ferro preto utilizado nos nichos, conversa com luminárias, pendentes e esculturas, de mesma cor e material”, comenta Erica. E nós, gostamos muito!

Fotos: Leandro Farchi

Comments

comments

Tags do conteúdo
Escrito por
Mais conteúdo de Hellen Fírmìno

Suíte para ficar…pra sempre!

Olá seguidores, que descobrem sempre por aqui um projeto que encanta por...
Saiba Mais